sexta-feira, 13 de fevereiro de 2015

Teste de Personalidade: INTJ

Se há coisa que eu gosto de fazer são testes. De todos os tipos, de todas as cores e sobre os mais variados temas. Nas minhas deambulações virtuais, encontrei este novo teste da personalidade. Katharine Cook Briggs e sua filha Isabel Briggs Myers, inspiradas pelo psiquiatra Carl Gustav Jung, desenvolveram este teste que divide a população em 16 tipos. 

Após quase morrer de tédio com tanta pergunta, consegui chegar ao final e respirei de alivio. Descobri que sou INTJ, ou seja, sou pura Introversão, INtuição, Thinking (razão) e Julgamento. 

Eis um breve resumo deste tipo:
O tipo de personalidade INTJ é um dos tipos mais raros e mais interessantes – compõem apenas 1-2% da população (oh que sorte!), os INTJs são geralmente vistos como altamente inteligentes e misteriosos. 

INTJs são muito decididos, originais e intuitivos. INTJ não buscam ser o centro das atenções e podem decidir manter suas opiniões para si. (concordo)

INTJs detestam regras e limitações artificiais – tudo deve estar aberto para reavaliação. (concordo)

INTJs acham muito difícil lidar com relacionamentos românticos. Pessoas com este tipo de personalidade são mais do que capazes de amar as pessoas próximas, mas eles provavelmente não têm a mínima ideia de como atrair um parceiro. (concordo)



Pontos Fortes de um INTJ

Forte autoconfiança. (hummm tem dias)
Mente rápida e versátil. (sim, às vezes demais)
Independente e decidido. (tem dias)
Trabalhador e determinado. (sim)
Imaginativo e estratégico. (ui é tanta imaginação nesta cabecinha!)
Honesto e direto. (verdade)
Mente aberta. (depende do assunto)


Pontos Fracos de um INTJ

Arrogante. (credo não!)
Perfeccionista. (hummm sim...)
É provável que analise tudo demasiadamente. (pois também)
Gosta de julgar. (oops)
Pode ser insensível. (às vezes acontece)
Geralmente não sabem como agir quando se trata de relacionamentos românticos. (aham...)
Detesta ambientes altamente estruturados. (hummm...pode ser)

14 comentários:

  1. Em resumo: Equilíbrio :))))) [a questão romântica ... hmmmmm....convém estar atenta]
    ;)

    Tudo de bom.

    Já levei o link

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Pois...não se pode acertar em tudo. :p O romance fica sempre para depois porque há coisas mais importantes a fazer ehehehe.
      Obrigada :)

      Eliminar
  2. Ia fazer o teste, mas para ser sincera parece demasiado grande xD
    Beijinhos*

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. ahahah pois é. eu quase desisti a meio :p Beijinhos

      Eliminar
  3. Já vi que tenho que fazer o teste um dia que tenha mais tempo...

    Bjxxx

    ResponderEliminar
  4. O meu deu INFJ. Ou seja, rarissimo, menos de 1% tem isto ahahaha... sou uma raridade.

    ResponderEliminar
  5. Nesse link tem uma descrição mais detalhada do perfil. Ele mistura humor (nosso sarcasmo) com a verdade (adoro)!

    https://diarioagnostico.wordpress.com/sou-um-intj-com-muito-orgulho/

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Agradecida pelo link. já li e gostei. Realmente é preciso aprender a levar tudo com muito humor até porque um(a) INTJ não se ofende com facilidade e adoraaa um bom sarcasmo eheheh
      Abraço

      Eliminar
  6. Há dois anos faço esse teste, sempre dá INTJ, então agora tenho certeza que faço parte das poucas mulheres com essa personalidade (0,8%). E, olha só! Você também ama testes! Nunca em todos os meus 16 anos encontrei alguém que se assemelhasse a mim nesse aspecto.
    (Somos INTJs ❤)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Oi Myllena!
      É por pertencermos aos 0.8% que sentimos muitas vezes que ninguém nos entende.
      Eu devorooo testes. Pelos vistos não sou a única ahaha

      Eliminar
  7. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderEliminar
  8. O fato de eu também devorar teste de personalidade, é que eu tinha uma constante vontade de me entender, e de entender o motivo das pessoas não serem iguais a mim.Eu acho um absurdo as pessoas não serem iguais a mim. Descobri esse teste por meio de um livro (Óbvio) ahahhaahha. Enfim, eu nunca havia feito um teste que me descrevesse tanto quanto esse teste me descreveu, até a parte de eu viver me esquecendo das coisas ele acertou.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Oi Pablo!
      É tanta coisa na cabeça que alguma coisa acaba por esquecer mesmo. Também acontece comigo. rsrs

      Eliminar