segunda-feira, 9 de março de 2015

Sonhar mais alto

O Kanye West é uma figura (adicionar aqui todos os adjectivos possíveis e imaginários) que toda a gente sabe. Gosta de se meter onde não é chamado, dá as opiniões mais absurdas que se possa pensar e tem um ego descomunal. Porém, este fim-de-semana li esta frase dele:

“O meu objectivo, se eu fizer arte, seria tornar-me um Picasso ou maior. Isto sempre parece cómico para as pessoas, comparar-se a alguém que já fez muito mas essa é a mentalidade que suprime a humanidade”.


E não é que eu concordei? É verdade que a minha reacção inicial ao ler a primeira frase foi: ok, mais uma maluquice daquele homem… mas depois pensei: ele tem razão! Porque nos haveríamos de sentir inferior às outras pessoas? Não é com sentimento de inferioridade que chegamos a algum lugar. Senão vejamos: todas aquelas figuras históricas que hoje admiramos eram pessoas absolutamente comuns que por talento, sorte ou vocação fizeram algo extraordinário. Então porque não ambicionar ser um Picasso, um Mozart, um Bill Gates ou uma madre Teresa de Calcutá?