terça-feira, 1 de setembro de 2015

Novelas da minha vida: Pedra sobre Pedra


A globo internacional, para minha alegria, voltou a transmitir a novela Pedra Sobre Pedra. Segundo a internet, a novela é de 1992, logo eu tinha 11 anos quando ela deu na RTP mas lembro-me como se fosse ontem. 
A novela tem muita "sacanagem". É o Murilo Pontes querendo ir pra cama com a Pilar Batista (e o mesmo sentimento é reciproco), é o Jorge Tadeu indo para a cama com tudo quanto era mulher casada, era o Carlão doidinho pela cigana vida e claro, o casalinho da história: Marina e Leonardo. 

Quando Jorge Tadeu morreu, a historia passou a ter um lado místico muito forte. O rapaz só aparecia quando comiam uma flor e vestiam as calças dele (não tentem ver sentido nisto porque não tem). Para mim, o Jorge Tadeu nunca teve lá muita graça mas a verdade é que quando o rapaz sorri tem o seu encanto. 
O meu "pedaço de mau caminho" preferido da novela era o cigano Yago (Humberto Martins). Sim, tenho uma quedinha pelos bad boys. Não é culpa minha. O rapaz tem pegada!


Quem não se lembra de frases como:
"Boquinha escancarada"
"Fique tronquilo/a"
"Mistériooo"
"É vertigeeee"

E tantas outras...
Aconselho vivamente esta novela. Todos os dias às 22:00 na globo internacional