domingo, 27 de setembro de 2015

Viggo, seu lindo...

Ontem vi mais um filme com o Viggo Mortensen. Para não variar, o rapaz mostrava o corpo todo nu (pena que só de costas). Admiro estes atores despudorados, que não ligam minimamente ao que os outros dizem. Aliás, admiro todas as pessoas que não ligam ao que os outros dizem. É tão fácil deixar-se abater pelas criticas ou ficar influenciado pela negatividade das bocas viperinas...


O Viggo diz que: "Não há desculpa para estar aborrecido. Triste, sim. Furioso, sim. Deprimido, sim. Louco, sim. Mas não há desculpa para o aborrecimento, nunca!"
Daí lembrei-me desta cena com ele e a Maria Bello no filme "A History of Violence"... 
Pois... se eu tivesse um Viggo aqui em casa, não ia ficar aborrecida...nunca!