quinta-feira, 8 de outubro de 2015

Perdi a inspiração


Perdi a inspiração numa esquina qualquer
Por entre os lábios fogem-me as palavras
Diluem-se os pensamentos neste deserto
Percorro o vazio

Grito! alguém ouve-me desse lado?
Ergo as pedras da praia, buscando tesouros
Só encontro areia que escorre-me dos dedos
E espero então

Hoje não sei mais onde estão aqueles olhos
Um dia jurei ter chegado ao infinito
Bastava-me um sorriso e tudo era perfeito
Fico-me por aqui