segunda-feira, 18 de janeiro de 2016

Nada como cortar o mal pela raiz

Nos Estados Unidos, um homem decidiu ser castrado quimicamente (pois claro) já que não aguentava mais trair a mulher. Diz ele que já teve encontros com mais de 50 prostitutas e até é cliente habitual de algumas mas estava cansado de tanta traição. É que o vicio em sexo é tão prejudicial como o das drogas ou o álcool e quando este toma conta de vida do viciado, tudo pode acabar mal.
Dito e feito! O homem foi ao medico, tomou o medicamento e agora é mais feliz do que nunca. A mulher já não corre com o rolo da massa atrás dele quando chega a casa e ele poupou uns trocos (já para não falar na saúde que vai melhorar a olhos vistos).

Eu acho de louvar a atitude deste senhor! Viu que o vicio era mais forte do que ele e tratou de cortar o mal pela raiz. Felizmente os métodos usados hoje em dia já não são os de antigamente e ele pode preservar tudo o que tinha como quando nasceu.

Como a minha curiosidade é forte, decidi saber mais sobre o assunto e retirei isto da wikipedia:
A castração química é uma forma temporária de castração, ocasionada por medicamentos hormonais para reduzir a libido. Diferente da castração cirúrgica, quando os testículos e ovários são removidos através de incisão no corpo, castração química não castra a pessoa praticamente, e também não é uma forma de esterilização.

Noticia aqui.

12 comentários:

  1. A sério que não sabia.
    A pergunta que faço é e então a esposa fica feliz sem orgasmos?
    Devo de ser mt estranha
    Ou então tem a ver com a idade
    Que sejam mt felizes

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Pois... se calhar a mulher não sente falta. Ou então usa outros metodos como o vibrador ou dildo. Para ter orgasmos basta ter imaginação lol

      Eliminar
  2. A castração química é temporária. Para a medicação quando quiser e pouco tempo depois voltou ao normal. Apenas reduz a libido, logo ele deixa de trair a mulher. A mim o que me admira é ele ter mulher. E a minha pergunta é, que espécie de mulher vive com um homem assim?
    Um abraço e uma boa semana

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Essa pergunta é boa. Eu cá se fosse traída não perdoava, muito mesmo se soubesse que esse erro era recorrente. Não entendo como uma mulher pode se sentir tão inferior que aceita uma coisa dessas. Falta de auto-estima? amor próprio?
      A noticia diz que a mulher está feliz com o marido assim. Haja gostos para tudo...
      Boa semana Elvira.
      Abraço

      Eliminar
  3. Não concordo!
    Se o problema dele era trair a mulher... que o pariu. Rua! Deveria a mulher ter essa atitude, despachar o menino com massa nos patins, e que fosse pregar a outra freguesia;
    Se o problema era gostar muito de sexo... só tinha que arranjar maneira de a mulher também gostar ;) :) e aí era juntar o útil ao agradável, muito mais saudável.
    Castração sim, para violadores e criminosos. Isso concordo :))))))
    Mas cada qual sabe da sua... vida.

    Tudo de bom.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. ahaha eu imagino a cara dos homens quando lêem esta noticia. Deve dar uma certa aflição. Mas é só uma coisa temporária! Se o homem deixar de tomar a medicação, volta ao normal. Pelo menos é o que os médicos dizem.
      É preciso ver a coisa pelo lado romântico. Foi uma prova de amor que ele deu à mulher. Prefere ficar sem sexo do que sem ela. Acho fofo! lol
      ;)

      Eliminar
  4. Olá, Ana!

    Pensei que já não, ou melhor, k nunca tivessem existido ou existissem, atualmente, homens assim, mas, olha k nos EUA tudo é possível. Aquela gente é "toda" mto "evangélica", bizarra, estranha e de mente "doentia" e fazem as coisas mais incríveis, aliás, basta ver filmes deles ou com eles.

    Se fosse um europeu, um latino, sobretudo, JAMAIS faria uma coisa dessas, pke se é tarado por sexo, então é ninfomaníaco e portanto deve recorrer à ajuda médica e psicológica, embora seja uma situação temporária.

    Neste e noutros campos há transtornos exacerbados, que têm a ver com a parte física, mas mto mais com a mente.
    A mulher do americano que aqui referes deve ter uma atuação de naturalidade e de compreensão.

    Depois dos 50 e naturalmente a "coisa" esfria e NENHUM escapa à "ditadura" da hiperplasia benigna ou maligna da próstata. E lá andam eles a urinar mto mais vezes, e de de noite, a situação agrava-se. Solução: embolização das artérias prostáticas.

    Antes k me esqueça, tenho de dizer-te k o teu blogue em termos de comentários é como o meu, isto é, depois de deixarem comentário e como há duas opções, responder/eliminar, há quem elimine o que, no dia anterior, por exemplo, tinha escrito, pelas mais diversas causas, qdo sei que há blogues onde tu não consegues apagar o que lá escreveste. Já falei deste assunto com o nosso amigo e comentador comum, aflores, que disse desconhecer a situação, o k é certo é k existem essas duas variantes.
    No meu blogue aconteceu aqui há tempos uma situação dessas. A pessoa escrevia o comentário e passados uns dias, eliminava-o. Isto faz-me lembrar os animais k comem as crias. Enfim, no comment!
    O teu blogue não tem comentários sob moderação, mas se tivesse, poderia dizer-te algo em OFF, k só interessasse a mim e a ti e depois, se pretendesses eliminavas. Hoje, tive oito OFF(s), desabafos, coisas k só às pessoas interessa.
    Sinceramente, tudo aquilo que pretendi ou pretendo dizer-te tem sido a "céu aberto", pke eu não tenho "segredos de estado", nem tu.

    Recebi um comentário de "Vou brilhar até raiar página", que diz que leu o meu comentário no teu blogue, mas eu não consigo aceder ao blogue dela. Eu não tenho Google + nem Facebook, por opção, portanto, não sei como comentar as publicações dela. Caso não te importes, vai ao blogue dela e diz-lhe isto mesmo. Mto obrigada!

    Beijinhos.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Olá Céu.

      Os americanos são de extremos! O patriotismo exagerado faz com que andem sempre em guerra com os outros e a desculpa é que "estamos a defender o que é nosso"... sei!
      A proliferação de seitas é uma praga e é cada uma pior que a outra. Eu até acho piada aos evangélicos que cantam e dançam na missa mas é tudo um bocadinho exagerado. Depois há aquelas seitas fechadas, onde existe incesto e pedofilia mas ninguém faz nada porque a liberdade religiosa tem de ser respeitada.
      Ah e a venda de armas a torto e a direito? Depois queixam-se quando um maluco entra numa escola e mata quem estiver à frente. O Obama tentou criar uma lei que proibisse a venda de armas a qualquer um mas a maioria da população ficou furiosa porque acham-se no direito de ter uma arma e usá-la quando bem entenderem.

      Em relação aos comentários, por enquanto não precisei fazer moderação porque ainda não tive nenhum comentário negativo mas se tal for necessário, não hesitarei.
      Não recebes os comentários por email? É que eu recebo e mesmo que o autor apague o comentário aqui no blog, ele continua a aparecer no email. Claro que depois temos de eliminar definitivamente o comentário apagado...

      Olha isso também aconteceu comigo. Quando o Aflores estava no sapo, queria comentar aqui mas nas minhas opções só permitia comentários de utilizadores registados no blogger e eu nem sequer tinha reparado nisso. Ela também deve ter essa restrição e por isso não pudeste comentar. Vou informar-lhe do sucedido e se ela fizer essa alteração vais poder comentar sem problemas. :)

      Beijinhos

      Eliminar
    2. P.S- Tens a certeza que era esse blog? É que o blog da Vou brilhar até raiar" permite qualquer tipo de comentários, inclusive anónimos. De qualquer forma, vou avisar-lhe que não conseguiste comentar :)

      Eliminar
    3. Olá, Ana!

      Como estás?

      Sim, a sociedade americana é completamente "doida" e obesa, não só de corpo, como de mente. Tudo cabe naquelas cabecinhas.

      Talvez eu não me expressasse convenientemente na conversa acima, mas retomando a mesma, digo-te k eu posso comentar blogues Sapo, sem problemas e vice-versa.
      O que eu acho estranho é k as pessoas em determinados blogues, possam eliminar os comentários que fizeram e noutros, não possam. Percebeste o que pretendo dizer? Ora, experimenta tentar apagar um comentário teu num blogue que sigas e vê lá se consegues? Não consegues, mas no meu consegues e no teu tb se consegue, pke o José Carlos, o fez, recentemente, como sabes. Fizeste bem em apagar aquela frase, pke desfeia qualquer blogue. Há pessoas k não se importam e até recebem o mesmo comentário em duplicado ou triplicado e deixam-no ficar. Enfim, cada um gere os blogues como entende.

      Agradeço teres transmitido o recado à criadora do blogue: "Vou brilhar até raiar página", que julgo ser algarvia, pke consigo aceder à página dela do Google +, mas qdo clico no nome do blogue dela, abre-se uma página em branco e em cima aparece uma frase que diz que não é possível aceder. Tente mais tarde, portanto eu não vejo, não consigo ver o blogue dela, e não tem nada a ver se é do Sapo ou do Blogger, acho eu.

      Não recebo os comentário, por e-mail, não. Tanto assim que recebo OFF(s) tão extensos que os tenho de publicar, "pela calada da noite", para os ler, na íntegra, e depois apago-os. Só consigo ler seis ou sete linhas do OFF.

      Muito obrigada!

      Beijinhos.

      Eliminar
    4. Olá Céu.
      Esse é mais um defeito dos Americanos. Funcionam na base do menor esforço. Imagina uma Americana a cozinhar uma sopa. Não existe! No máximo comem daquelas sopas de pacote ou lata. Credo! Por isso é fácil encontrares gente com mais de 200kg na rua.

      Eu só dei como exemplo o blog do sapo porque não me tinha apercebido que o meu não permitia todo o tipo de comentários até o Aflores ter mencionado esse facto.

      Realmente essa situação é muito estranha. Eu já abri o blog dela com outro browser e consegui sem problema, mesmo sem ter feito o login no google+. Só se o problema estiver no modelo do blog. Em que browser costumas visitar os blogs? Tens todas as definições do pc atualizadas? Pode ser algum problema no flash player ou coisa do género.

      Não sei porque uns podem apagar comentários e outros não. Já procurei nas definições se havia essa opção mas não encontrei. Se calhar tem a ver com o modelo do blog.

      Ah mas podes mudar isso de receber os comentários por email e assim já não precisas esperar até tarde para ler tudo. Basta ires às definições do blog, clicas em "email" e depois no quadrado onde diz "Mensagem de email de notificação de comentários" colocas o endereço para onde queres receber os comentários.

      De nada :)

      Beijinhos

      Eliminar
  5. Sou da opinião que não foi pela mulher que ele se prestou à diminuição da líbido. Sim, porque usar o termo castração de imediato faz arrepiar todos os homens. Ele não perdeu nada, nem sequer a possibilidade de voltar a ser doente por sexo. Porque é doença. Tratada com comprimidos, pelos vistos. Chamar a isso de castração é impedir muitos homens de recorrer ao método.

    A real motivação dele, penso eu, é a quantidade de dinheiro que se gasta quando se tem tamanho vício. Todos os vícios são maus. Este então, além de o deixar dependente, ainda lhe pode trazer alguns bónus - a ele e à mulher: sífilis, SIDA, clamídia, gonorreia, e uma série de outras DST das mais de 30 que existem.

    ResponderEliminar