segunda-feira, 15 de fevereiro de 2016

Sobre os reality shows...

Em Portugal, a febre dos reality shows começou no ano 2000. O primeiro Big Brother foi um fenómeno que eu não assisti do começo porque não tinha tv cabo na altura. Os seguintes foram diminuindo de espectadores até que alguém lembrou-se de criar uma casa onde os concorrentes lutavam para descobrir os podres uns dos outros. Não assisti nenhum secret story e vejo que não perdi nada. O problema é que a minha mãe descobriu o canal 12 onde podemos ver a quinta o dia todo. Ai sofrimento!!! Ter de levar com gente mal educada, fútil, vazia, interesseira e sem escrúpulos é demais para a minha inteligência. E como não há outra tv em casa, resta-me assistir aos meus filmes e series online. Valha-nos isso!
Ainda assim, pude perceber qual é o motivo que leva algumas pessoas a ficarem viciadas neste tipo de programa. Tal como as pessoas habituam-se e até adoram aqueles apresentadores que aparecem todos os dias no ecrã, estes reality shows são uma companhia diária para quem está em casa. É como se aquelas "personagens" se tornassem parte da família e é inevitável criar simpatia ou ódios de estimação. 
Diz o doutor Quintino Aires que estes programas são uma amostra da nossa sociedade. Existe o bom e o mau da fita, o palhaço, o coitadinho, a donzela e a galdéria. Torcemos pelo casal, queremos ver pancadaria, choramos e rimos quando sucede alguma coisa e ficamos tristes com as injustiças.
Apesar de entender o fascínio que um reality show provoca, continuo sem sentir o menor apelo por este tipo de entretenimento. Aliás, estou até a pensar sabotar a tv só para ver se descanso uns dias!

23 comentários:

  1. Nunca vi nenhum a não ser o primeiro Big Brother, e mesmo esse só na parte final. As ultimas três semanas, e isto porque no trabalho as colegas não falavam de outra coisa e eu não tinha assunto de conversa.Não gosto de TV. Quando estou sozinha em casa ela está sempre desligada. Assim que o marido chega, liga-a. Mas ele só gosta de programas desportivos, e tirando os Telejornais a TV está sempre sintonizada ou na Eurosport ou na Sport TV. Gosto de filmes mas isso vejo no pc. Só vemos juntos a TV se der algum filme que interesse aoa dois.
    Um abraço

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Quando estou sozinha em casa nem ligo a tv mas como aqui não sou eu quem manda, vemos sempre os mesmos canais.
      O primeiro foi um fenómeno e a tv anseia pelas audiências de antigamente mas o povo muda e as preferências também.
      cinema é sempre a melhor escolha para ver na tv!
      Abraço Elvira

      Eliminar
  2. Bom dia, o programa que fala possivelmente tem uma boa audiência (digo eu), se assim é, significa que as pessoas (sem critica à sua mãe) que existem a esses programas, são incapazes de reconhecer os problemas que afectam a sociedade e lutar pela seus direitos, quando chega o momento de usar a única arma que tem para mudar e tornar a sociedade mais justa que é o seu voto em cada eleição, votam no mesmo partido que o Amorim e outros Amorins votam como se os interesses fossem exactamente os mesmos, assim, vamos andando e saltando com sorrisos de felicidade.
    AG

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Acho que os votos neste tipo de programas são parecidos aos votos nas eleições, toda a gente reclama que este ou aquele devia sair mas depois ninguem faz nada! E esta inercia do povo é muito irritante porque temos sempre mais do mesmo.
      Tudo de bom :)

      Eliminar
  3. Olá, minha linda menina!

    Olha, só conheço de nome, portanto, não posso pronunciar-me. Raramente, vejo televisão e leio jornais, portanto sou assim como o Prof. Cavaco Silva, que mto admiro e prezo.

    Beijinhos e good-week.

    Agradeço a tua visita e os votos endereçados. Muito obrigada!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Olá Céu!
      Não perdes nada ao não ver este tipo de programas. É uma amostra gratis do pior que se pode ver na tv. quanto mais não vale ler um bom livro!
      Beijinhos

      Eliminar
    2. Olá, Aninhas!

      Isso sei eu! Não se aprende nada, bem pelo contrário.
      Estava agora a tentar escrever alguma coisita para publicar no meu blogue, ai, minha querida, mas k falta de inspiration! Sai-me tudo ao lado! Estou, hoje, particularmente cansada. Não digo palavrões, nunca os disse, mas hoje, talvez me fizesse(m) bem.

      Lençóis de cetim são uma "porque(i)ra" como se diz no meu Alentejo. Escorregadios que só experimentando e eu já experimentei, desconfortáveis, enfim, só atrapalham as movimentações e só são giros para estarem nos gavetões da cómoda, portanto, sugiro linho ou algodão, mas para serem passados a ferro, contrata uma empregada, pke são bué difíceis de engomar (não ponhas goma, pke goma demais têm eles (risos). Passamos de um lado, amarrotam-se de outro, enfim, uma canseira.

      Ah! O "nosso" jeitoso, o de olhos verdes, OBVIAMENTE, k não se importa nem de hora, nem de lugar, rijo ou mole. O k lhe importa mesmo é .... ai, eu estou tão cansada que não sei k palavra hei de pôr ali. Completas tu a frase depois? Agradecida.

      Tantos comentários, bambina! E não tens mais pke és "preguiçosa" e não fazes por isso.

      Bem, vou tomar um chá quentinho e se eu não conseguir fazer um poema, tenta lá tu fazer k eu dou-te os créditos. Olha que até era uma ideia gira! Pensa nisso!

      Bisous, chérie et bons rêves.

      Eliminar
    3. Então mas que falta de inspiração é essa?! É do frio? da chuva? Olha que com um tempo assim, até dá mais vontade de ficar debaixo dos cobertores a praticar técnicas naturais de aquecimento :)
      O que importa mesmo é... querer? vontade? desejo? tesão? ai um jeitoso de olhos verdes faz-nos adjectivar em catadupa! lol

      Tantos comentários não é bem assim. Se reparares, metade deles são as minhas respostas aos comentários. Eu nem queria que os meus contassem mas não posso fazer nada em relação a isso. Fico com a fama, sem o proveito ahahah
      Sim, eu poderia ter mais comentários e mais visitas mas a preguiça toma conta de mim como se de um jeitoso de olhos verdes se tratasse e não me largasse mais ahahaha

      Ai eu bem tento escrever um poema mas a inspiração não abunda por estes lados. Esperamos por dias melhores!
      Kiss kiss

      Eliminar
  4. ohh rikesa com certeza não viste o big show porque eras muito novinha, pois foi mesmo no publico, dava em todo o lado cafés e salas de descanso, no meu trabalho os chatarões não viam mais nada humf
    mas como tu, não sou apreciadora, já fui mais longe e fiz juízos de valor, achava mesmo uma atrasadisse para gente atrasada ,mas felizmente amadureci e vejo que é bom, para quem não tem uma vida excitante ou para quem gosta ,era mais o que faltava mandarmos nos gostos dos outros né!
    beijinhos muito obrigada por tudo

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Com o passar do tempo reparamos que é um programa para servir de companhia a quem se sente só ou que enquanto vê auqilo na tv, não pensa nos próprios problemas!
      Beijinhos

      Eliminar
  5. Também considero de péssima qualidade esse tipo de programação.
    Cadinho RoCo

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. é mesmo... mas infelizmente ainda tem quem dê audiência a esse tipo de programas!

      Eliminar
  6. Este tipo de programa já começa a ser mais do mesmo...

    Isabel Sá
    http://brilhos-da-moda.blogspot.pt

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Pois é. ainda por cima com cromos repetidos!

      Eliminar
  7. Acho que vi um ou outro episódio do primeiro BB... não era esse que apareceu por lá um bruta montes que batia em mulheres? E um outro que depois virou 'empresário da noite? ;) :) Adiante, não vejo mesmo, nem dou tempo de antena.

    - Relativamente ao teu comentário no post lá no meu cantinho...Novembro? Onde foste buscar isso? Cá para mim andas a ver programas estranhos, andas andas. ;) :)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Pois é isso. É só gente boa que metem nesses programas lol
      ahahah my mistake. Não sei de onde tirei o Novembro então. mas se é Março, melhor ainda! vivam os peixes! lol

      Eliminar
  8. Como não viste em 2000 por não ter cabo? Era na TVI. Não tinhas tvi?

    Bom, em todo o caso, entendo-te. Faz uns minutos recebi um telefonema a pedirem-me um favor: para ir a casa por a gravar o canal 12. E eu lá pensei que era um canal de desporto, loool. Até fiz zapping para ver se não ia começar um jogo, porque achei estranho colocar a gravar um canal daqueles.

    Mas não censuro quem vê, embora sempre que vá visitar meus pais muitas vezes os encontre completamente viciados naquilo. Eu já acompanhei uns e pode realmente ser um programa onde se aprende sobre o comportamento das pessoas. E depois fica-se "agarrado". Mas o problema é que depressa vira um programa de formulas e quem concorre não é genuino, está muito consciente das cameras, etc, etc. Perde a graça e torna-se um martírio!

    Abraço.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Aqui na Madeira, só existiam 2 canais gratuitos: a rtp e rtp-madeira. Os outros só mesmo com tv cabo.
      Este tipo de programas vicia quem os vê porque enquanto estão a ver aquilo não pensam nos problemas. O problema são os favorecimentos da produção e o vencedor é cada vez mais previsível.
      Abraço

      Eliminar
  9. Hoje deambulei por aqui.
    E, desejo felicidades.

    MANUEL
    http://www.rtp.pt/play/p1990/literatura-aqui

    ResponderEliminar
  10. Pessoalmente detesto reality shows, mas devo dizer que vi o primeiro (que passou na TVI e não nos canais por cabo).

    Bjxxx

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Olá Teresa!
      Aqui na Madeira, só existiam 2 canais gratuitos: a rtp e rtp-madeira. Os outros só mesmo com tv cabo. Por isso assisti ao primeiro quando só restavam uns 6 concorrentes.
      Beijos

      Eliminar
  11. Confesso que adoro reality shows, Ana farto-me de rir, mas depois penso sempre se for uma amostra da nossa sociedade é realmente pavoroso.

    ResponderEliminar