quinta-feira, 23 de junho de 2016

Esquisitices...


Hoje ouvi na tv uma coisa que me deixou abismada. Num programa onde as pessoas ligam para dar a opinião sobre os mais variados assuntos, um ouvinte ligou para defender o CR7. Disse ele que "o melhor do mundo" pode fazer tudo o que lhe apetece e não tem dever nenhum de ser humilde porque ele é o rei do mundo. Ainda pensei que ele estava a ser irónico mas não, estava a ser sincero. A que ponto nós chegamos! Por causa do futebol, se um jogador adorado por milhões tiver vontade de matar alguém, roubar, violar, cometer as maiores atrocidades, pode fazê-lo só porque sim. Atirar um microfone para um lago? Nah... é uma brincadeira de crianças.
Ao contrário do que o ouvinte disse, eu acho que as pessoas devem manter a humildade independentemente do dinheiro que tiverem. Se a pessoa vier de uma origem humilde, essa obrigação deve ser maior porque sabe o que é passar por dificuldades. Sabe o que precisar de dinheiro e não ter e deve (obviamente não é obrigado), ajudar os mais desfavorecidos. 
Pelos vistos há quem pense que uns golos justificam tudo...

19 comentários:

  1. O jornalista era de um pasquim que horas antes tinha feito uma reportagem vergonhosa humilhando o pai dele, precisamente numa altura em que o homem devia estar tranquilo pelo jogo que se avizinhava. Percebo que ele estivesse irritado, sempre se disse que quem não se sente, não é filho de boa gente.
    Repare que não estou a defender o que ele fez, logo eu que até não gosto dele. Entendo a sua irritação. Não a sua atitude. Ele sabe que é o ídolo e o exemplo para milhares de jovens em todo o mundo. Por isso ele não pode fazer o que lhe dá na telha, especialmente em público.
    O tipo que disse isso na TV é parvo. Só pode.
    Um abraço

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Olá Elvira!
      Eu também não tenho nenhuma simpatia por ele mas o que está em causa é o comportamento dele em relação ao jornalista. Dizem que esse pasquim faz dele o alvo nº1, ainda por cima na altura do europeu. Ainda assim, achei que a pergunta do jornalista era perfeitamente normal e não justificava aquele comportamento. Se ele não quisesse responder, estava no seu direito, bastava passar em frente. As imagens do microfone foram proibidas de aparecer lá no clube dele para não incitarem à violencia. Acho bem!
      Abraço.

      Eliminar
  2. Não ouvi, custa-me a acreditar. E atirar um micro para matar alguém é um grande esticão!

    A humildade - muitos erradamente associação à pobreza e às origens "humildes" (aka - sem dinheiro). Mas a HUMILDADE não é isso. Nem todo o pobre é humilde e nem todo o rico não o é. Humildade é como sinceridade, amabilidade, simpatia, antipatia, coragem, determinação... é uma característica humana distinta em cada pessoa.

    A ficção é que nos acostumou a retratar os pobres como "gente honesta e humilde". E os milionários como prepotentes, arrogantes e cruéis. A realidade tem de tudo.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Concordo plenamente contigo mas eu não disse que só porque ele atirou um microfone, agora vai matar alguém. O meu texto nem é em relação ao lançamento do micro mas sim em relação ao comentário feito pelo ouvinte que atribuía-lhe um estatuto de Deus onde tudo o que ele fizesse era justificável. Obviamente era um fanático por futebol e esses seres estranhos comentem exageros descomunais lol.

      É verdade que a humildade nada tem a ver com a classe social. Há ricos humildes e pobres nada humildes. Ficou foi mais bonito dizer: "eu sou de origem humilde" do que "eu sou de origem pobre". É politicamente incorrecto dizer que somos pobres!. É como no Brasil chamar "comunidade" à "favela".

      Eliminar
  3. Até k enfim... Parabéns, piquena...

    Olá, querida Ana...

    Evidente k já li o teu texto e tenho alg coisinhas a dizer, mas, não será, agora, pke o tempo de k dispenso é pouco.

    Estive a ler algumas notícias e opiniões sobre o facto e... volto, depois.

    beijinhos.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Olá Céu!
      Sim, finalmente escrevi mas ainda continuo perdida lá pelos lados do Equador. E entre o livro do MST e a serie da Guerra dos tronos, esta ultima está a ganhar por larga vantagem eheheh

      Volta quando puderes mas sem exagero porque essa mão ainda precisa de descanso.
      Beijinhos

      Eliminar
  4. Não é uma questão de Esquisitices, mas o correto será dizer-se - o tempo de que disponho.

    Até logo.

    ResponderEliminar
  5. Pois, cá estou eu, Ana...

    Li, de novo, o teu texto, e estou inteiramente de acordo com o conteúdo do mesmo e com a tua opinião.

    Alguém, ser isto, aquilo, assado, frito, cozido, rico, pobre, branco, preto, amarelo, verde, vermelho, comunista, fascista, socialista, social democrata, cristão, evangélico, chines, português, sueco, italiano, turco, árabe, o melhor entre os melhores, seja no k for, NÃO lhe dá o direito de praticar atos próprios de bárbaros, do século V, embora eu saiba que eles continuam a ser praticados em 2016, portanto, século XXI.

    Defender e apoiar estas atitudes, E SEJA DE QUEM FOR, até pke se fosse uma pessoa da minha família a cometer atos destes, iguais ou semelhantes, teria a minha TOTAL REPROVAÇÃO.

    NADA, NADA justifica a atitude do teu conterrâneo, NADA, e aqueles k em público, declaram concordar e até apreciar estes gestos, entraram numa paranoia ronaldesca, sem classificação possível. A arrogância dele, por ser considerado o melhor do mundo a dar uns toques na bola, é outra das suas características, e assim maltrata e ofende qualquer um.

    Li o comentário da Elvira e gostaria k ela nos esclarecesse onde viu, ouviu, leu ou quem lhe falou dessa reportagem sobre o Sr. José Aveiro, pai de C. Ronaldo. Segundo o k apurei, surgiram rumores nas redes sociais sobre uma HIPOTÉTICA ENTREVISTA ao pai do Sr. Cristiano Ronaldo, em estado de embriagues, com acento, feita pela CMTV. Esta desmente, categoricamente e pede k lhe apresentem a peça.
    O repórter da CMTV foi educado e cumpriu a sua missão, só k a resposta a, c acento, pergunta dele, teve o fim k teve e k todos viram e alg. até dizem - não devia ter atirado SÓ o microfone ao lago, mas tb o repórter. Bem, não tenho comentário, que se possa enquadrar aqui ou talvez tivesse, mas teria de dar ANTES muitas aulas de Formação para a Cidadania, advertindo, k um dia todos morreremos e seremos enterrados ou incinerados, conforme a opção de cada um, e aí se acaba TUDO, TUDO, não havendo dinheiro, posição social, jatos particulares etc. etc. que nos valham.

    Mas, isto, esta guerra, entre aspas, unilateral por parte do Sr. CR em relação a, c acento, CMTV e ao jornal Correio da Manhã, k é o MAIS LIDO em todo o país já vem de longe, mais propriamente data de 2013-14 qdo a ama, ou uma das amas do Cristianinho, saiu ou foi despedida e contou alg. coisas, que desconheço, da casa da família Aveiro, tal como a maneira como foi concebida a conceção do Cristianinho. Verdade... não sei. Mentira... Não sei.

    Tenho sempre orgulho nos portugueses, k se distinguem nas áreas A, B, C ou D, não tendo eu preferências, mas compreendo k o futebol é o desporto das massas, sobretudo masculinas, criando alienação em alg. mentes.

    Beijinhos e bom domingo.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Olá Céu!

      Olha, não faço ideia se existe mesmo essa entrevista ou não, porque nunca vi. O pai do CR tinha, alegadamente, problemas com o alcool. O filho tentou tratá-lo da melhor forma que pôde mas era tarde demais. Isto é o que dizem os jornais porque apesar de ser da minha terra, morava a km de distancia e eu não conheço ninguém da família Aveiro.
      Se a existência dessa entrevista é real e foi esse o motivo que fez o CR atirar o microfone, não me parece motivo suficiente. Ainda por cima a pergunta do jornalista era perfeitamente normal, não foi feita em tom irónico e se ele tem algum problema com esse jornal, bastava seguir em frente tal como os seus colegas fizeram.
      O clube dele parece que tem um canal de tv e proibiu que essas imagens fossem transmitidas lá, sob pena de influenciar os jovens. E a verdade é que uma figura como ele, adorada, venerada, idolatrada por milhões de pessoas, deve comportar-se de forma adequada. Entre quatro paredes ele pode fazer o que bem lhe apetecer mas em publico, a postura devia ser diferente.

      Quando o ouvinte disse na tv que o CR não tinha de ser humilde fiquei chocada. Por ele ser, alegadamente, o melhor jogador do mundo pode tudo? Será que é tudo justificado por causa do futebol? E porque é que ele não pode ser humilde quando toda a gente sabe do passado de pobreza? Deviam lembrar-lhe de onde veio para ver se aprendia a ser menos arrogante.
      O rapaz tem um trauma enorme. Saiu da Madeira aos 10, 11 anos para ir jogar no sporting. Era gozado por causa do sotaque e lutou para ser o melhor de todos. Parabéns, conseguiu! mas enquanto estava longe, esqueceram-se de ensinar-lhe as regras básicas da boa educação e comportamento.

      A humildade nada tem a ver com o estatuto social. Conheço pessoas ricas que são humildes e bastante acessíveis e conheço pobres insuportáveis com manias de superioridade.

      Eu também tenho orgulho dos portugueses que fazem sucesso lá fora mas nunca esquecem as origens. Casos como o Tony Carreira, o Joaquim de Almeida, a Amália, a Sara Sampaio (se bem que já a achei mais patriótica do que agora) entre outros, são uma raridade.

      Bom fim de semana.
      Beijinhos

      Eliminar
  6. Ana, desculpa o pleonasmo - concebida a conceção. O mais correto seria escrever - como foi conseguida, realizada a conceção.

    Bises.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Pronto, desta vez estás perdoada ehehehe

      (muito haveria a dizer sobre essa "produção independente" mas é melhor não)...

      Kisses

      Eliminar
    2. Ainda bem, Aninhas... É k esta coisa da pessoa ter estudado e ter tido um bom aproveitamento em Filologia da Língua e em Língua Portuguesa, não quer dizer nada, mas deveria quere dizer quase tudo.

      Mto, mesmo mto. Daria uma novela, com certeza. Depois de terminada a carreira, vai mostrar a sua verdadeira face e tendências.

      Bises et bon dimanche.

      Eliminar
    3. Retificando - Querer e não como escrevi. Tenho de ir para a escola, again...

      Eliminar
    4. Filologia da Língua parece-me bem. É sofisticado, chique e a parte boa é que a aprendizagem é sempre constante. Aprendemos até morrer e vivemos para aprender!
      Bisous

      Eliminar
  7. Acho que a senhora exagerou um pouco não? Bem seja como for nestes assuntos as opiniões dispersam sempre muito!

    Bjxxx
    Ontem é só Memória | Facebook | Instagram

    ResponderEliminar
  8. Então, isto, entre aspas, não anda, não cresce, ponto de interrogação.

    Ola, Ana...

    Como estás... A ver futebol, provavelmente. Bem, fui há pouco por, c acento, o lixo no contendor e até podia ter ido em pelota. Nobody, nobody...

    Desejo-te um bom domingo, já sem Equador.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Olá Céu!

      Finalmente saí do equador e temos texto novo. A tarefa foi complicada, quase morri de tédio mas consegui. A seguir tenho o "Sei lá" mas já ouvi várias pessoas comentar que o livro não tem grande valor por isso não estou lá muito animada. Ao menos não é grosso, as letras são grandes e deve ser fácil de ler. Temos de incentivar a leitura de autores portugueses n'est pas?

      Futebol não é comigo. Detesto! Aliás, tal como a minha mãe diz, se o jogo fosse só de penaltis seria bem mais interessante ahaha.
      A parte boa é essa mesmo... como os portugueses são loucos pelo futebol e parece que desaparecem do mapa nos 90 minutos de jogo, podemos até sair à rua sem roupa porque ninguém vai ver ahahah.

      Bom domingo e já agora boa semana!
      Kiss

      Eliminar
  9. Imagina-o no lugar do Marcelo de Sousa..
    Foi anteriormente ocupado pelo Cavaco, pelo que não é de todo impossível!

    ResponderEliminar