quarta-feira, 10 de agosto de 2016

Tristeza

Perante uma calamidade destas, não há palavras que exprimam tamanha tristeza. Apurar responsabilidades é importante mas nada vai trazer de volta as vidas que se perderam, as casas que arderam e o sofrimento causado por gente irresponsável. 
Felizmente não moro perto do local onde se propagaram os incêndios mas não deixo de sentir uma profunda tristeza por tudo isto que está a acontecer. 

13 comentários:

  1. Tens toda a razão, Ana! Não sendo perto de ti, é a Pérola, onde nasceste e resides, k está em chamas.

    Brisas e consciencialização, precisam-se!

    Beijos.

    ResponderEliminar
  2. Não há palavras...a revolta é imensa.
    Muitas explicações, outras tantas soluções, imensos especialistas, mas... na hora, todos os anos é a mesma coisa.
    As vítimas, infelizmente, são cada vez são mais...

    ResponderEliminar
  3. É revoltante. É necessário que a justiça tenha medidas duras para com os criminosos que provocam estas tragédias.
    Um abraço e bom fim de semana

    ResponderEliminar
  4. Ola, Ana!

    Penso que as "coisas" aí na Madeira, refiro-me aos incêndios, já estão bem mais controladas. Tenho seguido os órgãos de comunicação social, com atenção, e é isso, k depreendo. Diz-me tu, p favor, como está aí a situação.

    No Continente, tb tem havido, como deves ter conhecimento, sempre k a temperatura sobe, mas apurar causas é mto difícil.

    Ora, o Brasil e o resto do mundo estão com os olhos postos nos Jogos Olímpicos, k, graças a Deus, encerram hoje. Acabou o europeu e zás, mais desporto e de várias modalidades. Caramba! É demais.

    Os blogues, em geral, têm poucos comentários e as publicações estão a ser mais espaçadas, como é natural. Nunca aconteceu o meu blogue ter só 60/70 visualizações por dia, mas ultimamente, não passa disto.
    Estou a preparar novo post, porque o k lá está já me enjoa, mas só o publicarei em princípios de setembro.

    Beijinhos e boa semana.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Olá Céu!

      Sim, por estes lados as coisas acalmaram em relação aos fogos. Como gato escaldado sente medo de agua fria, quando o povo vê o menor sinal de fumo já trata de chamar logo os bombeiros (ao menos isso!).

      Ai os olímpicos... sinceramente esperava mais dos nossos atletas mas numa competição daquelas, além de muito esforço, também conta o factor sorte para seguir adiante.

      Imagino que tenhas muitos visitantes brasileiros e com essa azafama, as visitas devem ter diminuído bastante. Agora que os jogos acabaram vais voltar a ser como dantes ;)

      Eu também não tenho publicado como podes ver mas é por motivos pessoais. Aqui em casa as coisas estão complicadas a nível de saúde e não tenho paciência nem disposição para colocar novo post. Não sei quando vou voltar a escrever algum texto novo. Espero que seja brevemente mas não posso prometer datas.

      Boa semana.
      Beijinhos

      Eliminar
    2. Olá, Ana!

      Graças a Deus k os incêndios estão a abrandar, aí e aqui.

      Tb esperava mais, mas olha, foi o k se pode arranjar e eu, como te disse, já estava farta.

      Tenho, mas as pessoas, os europeus, tb estão de férias, portanto, lá para os princesas de setembro, publicarei um poema. Encontrar vídeo a condizer, razoavelmente, é k é pior.

      Então, mas o k se passa? Problemas de saúde teus ou dos teus pais? Sinto-te desmotivada, como se te conhecesse há mto e na realidade.
      Vá lá, miúda, desabafa! Queres o meu email, o k está associado ao meu blogue?

      Vá lá, responde-me, logo k puderes.

      Beijinhos e as melhoras, seja de quem for.

      Eliminar
    3. Olá Céu.
      Pois em época de férias, os blogs ficam abandonados mas em Setembro tudo volta ao normal.

      É a minha mãe que está doente (mais do que é costume) com uma dor de ciática que impede-lhe de dormir de noite e como toma um anticoagulante, não pode tomar anti-inflamatórios. Ela não dorme, eu não durmo e ninguém consegue dormir direito com essa preocupação. Como só pode tomar paracetamol que para uma dor de ciática é o mesmo que nada, tem de passar a noite com dores. Enfim, vamos ver qual será o tratamento que o novo medico vai mandar fazer na quarta-feira e quando tudo voltar ao normal, então poderei voltar ao meu blog e às visitas de costume.

      É engraçado como passamos a "conhecer" um pouco das pessoas apenas pela forma como escrevem. Sentimos quando estão alegres ou tristes mesmo sem as vermos frente a frente. :)

      Obrigada pela tua preocupação. Se eu precisar desabafar conto contigo :)

      Muitos beijinhos.

      Eliminar
    4. Olá, Ana!

      Agradeço teres respondido com prontidão, pke eu sei o k é amar os nossos pais, embora os meus já estejam noutra dimensão, e a minha mãe partiu, de cancro, antes dos 60 anos.

      A ciática é uma dor chatíssima e incomodativa e nenhum familiar, sobretudo quem está por perto dela, consegue estar bem, obviamente. Por vezes, essa dor passa, por uns tempos e quase k inexplicavelmente. A tua mãe tem hérnia discal?

      Olha, caso o médico na 4ªf não adiante mto, pke se a tua mãe está a fazer anticoagulantes, é preciso ver outras hipóteses. Já pensaram ou há por aí nas tuas zonas acupuntura? Com meia dúzia de tratamentos, fica excelente, por uns tempos. Aliás, logo no 1º tratamento, se notam melhorias. A média é 30/35 euros por sessão, mas escolhe uma pessoa devidamente credenciada. Não se irão arrepender, acredita.

      O paracetamol é pouco + k água e ainda por cima faz mal ao fígado, qdo em doses altas, ou seja, 2 comprimidos de 1g diariamente.

      Cada um é como cada qual, mas lá está em cima quem tudo vê. Estou sempre por aqui. Se quiseres, não hesites!

      Mtos beijos para ti e um mto amigo e sincero para a tua mãe, um k lhe aliviasse a dor. Imagino como está o teu pai! Os homens ficam sem saber o k fazer, nestas situações. Estás tu e és tu k tens k ter ainda mais coração, obrigação e atenção.

      NINGUÉM TE AMA COMO A TUA MÃE!

      Eliminar
    5. Olá Céu!
      Lamento muito que já não tenhas os teus pais contigo, principalmente devido a essa desgraça que é o cancro.

      Quanto à hérnia discal não tenho a certeza mas existe uma aproximação entre a l4 e a l5 que tem provocado esse problema.
      As varizes obrigaram ao uso do anticoagulante que é um mal necessário mas quem o toma fica de mãos atadas quando aparece alguma dor.
      Ai, depois da menopausa tudo aparece!

      Vamos lá ver o que o medico diz e se ele não puder receitar nenhum analgésico realmente eficaz, a acupunctura vai ser o próximo caminho a seguir. Ainda por cima temos um aqui perto e nem sabíamos!

      Mãe há só uma e eu preciso da minha como do ar para respirar.

      Muito obrigada pelo teu carinho e preocupação. :)

      Beijinhos

      Eliminar
    6. Olá, Ana!

      Não poderia fechar o computador e ir deitar-me, sem passar por aqui, como calculas, se já me conheces, um pouco.

      Normalmente, a ciática tem por trás uma hérnia discal, mesmo em fase incipiente.

      Faço votos k amanhã, o médico decida algo favorável, mas a tomar anti coagulantes, enfim, não sei. Não hesitem e recorram à acupuntura. Eu há mais de 5/6 anos k a recebo, com regularidade, para equilíbrio de energias, k, afinal fazem o nosso corpo sentir-se bem ou não. Evidente k uma apendicite, não pode ser tratada, por este meio, mas pode ser evitada ou retardada.

      É VERDADE! COMO EU TE COMPREENDO!

      Não me agradeças nada. Eu sou mesmo assim.

      Beijinhos e boa consulta!

      Eliminar
  5. Olá, Ana!

    Estou a estranhar k não me digas nada acerca do estado de saúde da tua mãe.
    Quero pensar que ela já fez uma sessão de acupuntura, pelo menos e que tens andado envolvida, como é natural, nesta situação.

    Beijinhos e as melhoras.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Olá Céu!
      Desculpa pela ausência mas a cabeça anda a divagar completamente. Como tinha dito, a minha mãe iria ao medico na quarta-feira e assim foi. Ele mudou-lhe os medicamentos para as dores e agora já consegue dormir melhor de noite. Temos de aguardar nos próximos dias para ver como o organismo reage e se continuar assim, provavelmente não será preciso operar. Vamos rezar para que tudo corra bem!
      Beijinhos

      Eliminar
    2. Olá, Ana!

      Compreendo, perfeitamente, a situação. Deixa-te de desculpas!

      Deus queira k dê tudo certo e k não seja necessária a cirurgia.

      Continuação das melhoras e decerto k a tua mãe está a fazer um protetor gástrico, tipo Omeprazol ou parecido, por causa dos comprimidos para as dores.

      Beijinhos e bom fim de semana.

      Eliminar