quarta-feira, 16 de novembro de 2016

Tenho


Tenho sonhos imperfeitos,
indecifráveis e desfeitos,
tenho historias mirabolantes,
sôfregas, incessantes.

Tenho medos, tenho planos,
entre tantos desenganos,
mas não tenho certezas,
no máximo ardilezas.

É isso que me faz seguir,
persistir até consegui,
chegar ao meu destino,
tantas vezes paulatino.

11 comentários:

  1. Olá, Ana!

    Estás a ficar uma poetisa e peras! Tens de deixar a quadra (4 versos e partir para cinco, pra começar e depois logo se verá) e não fazeres tanta rima.

    Tens em ti todos os sonhos do mundo, tão grandes, tão pequenos, tão profundos, não é? É bom k os tenhas, pke sonhar é alcançar.

    Beijos e as melhoras da tua mãe.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Olá Céu!
      Poetisa é exagerooo. Apeteceu-me colocar umas palavras soltas e tenho a mania de rimar. Cinco versos já é muitooo à frente, acho que não tenho calibre para tanto lol.

      sonhar é bom principalmente quando os sonhos levam-nos para uma realidade demasiado pesada para suportar.

      Obrigada Céu.
      Beijinhos

      Eliminar
  2. E tem inspiração, e sensibilidade poética.
    Um abraço

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Olá Elvira!
      São momentos raros de inspiração que ultimamente só acontecem "quando o rei faz anos" ehehehe
      Abraço

      Eliminar
  3. E que chegues sempre a bom porto.
    Gostei da escrita ;)
    Tudo de bom.

    ResponderEliminar
  4. Olá, Ana!

    Então, como estás? E a tua mãe? Tenho pensado nela e tb em ti, mas Deus queira que me contes coisas boas, positivas, pke o Natal está à porta.

    Beijinhos. Diz alguma coisa, qdo te for possível.

    ResponderEliminar
  5. Ana, desculpa! O comentário é e meu, da Céu, só que não reparei que já tinha fechado a conta Google, por hoje.

    Beijinhos.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Olá Céu anónima! ehehe eu bem que desconfiei pelo primeiro comentário.
      Bem que eu queria contar coisas positivas mas o natal por aqui não vai ser nada alegre. As coisas não estão melhores... estão a ser tratadas. Pelo menos as dores diminuíram bastante o que já é bom mas o problema não está resolvido. As coisas aqui funcionam como um filme do Manoel de Oliveira...bemmm devagar.

      Beijinhos

      Eliminar
    2. Olá, Ana!

      Com aquele palavreado e preocupação só podia ser eu, né?.

      Fiquei mto contente por me dizeres que as dores na tua mãe diminuíram bastante, o k faz com que ela se movimente melhor e tu a vejas mais ligeira.
      Esse tipo de maleita não tem cura, mas há remédios k aliviam, o k já é satisfatório.

      À noite, é k deve ser pior, pke a minha mãe dizia que as dores estavam esperando a noite para aumentarem de "volume" (rs).

      DESEJO A TI E AOS TEUS UM SANTO NATAL E K O PRÓXIMO ANO SEJA VENTUROSO, SOBRETUDO EM SAÚDE.

      Beijinhos para ti e para todos aí de casa.

      Eliminar
    3. Olá Céu!
      ehehe pois já dava para conhecer quem era pelo comentário. Quem mais iria preocupar-se senão tu? :)
      Sim, de noite as coisas pioram. É como quando estamos com gripe e a tosse teima a chatear a noite toda!

      Bom Natal para ti e para os teus com tudo de bom!
      Beijinhos

      Eliminar
  6. Boa tarde, o simples transforma tudo mais belo, é o caso do seus poemas, escreve sem rodeios para que seja de fácil interpretação.
    As melhoras para a sua mãe,
    AG

    ResponderEliminar