quinta-feira, 26 de janeiro de 2017

A marcha das mulheres

No ultimo sábado (21 de Janeiro), 4 milhões de pessoas em diversos países juntaram-se para protestar. E protestaram sobre o quê? Protestaram contra as desigualdades, o preconceito e as injustiças sociais, principalmente em relação às mulheres. Tudo isto em pleno século XXI! Porque ainda é preciso. A vitoria de Donald Trump veio reacender os ânimos. Crê-se que o novo presidente da América não será o melhor exemplo na defesa desses direitos e assim, mais marchas serão feitas nos tempos vindouros.

O muro de Berlim, ups! o muro que separará os Estados Unidos do México, já foi aprovado pelo presidente, os tempos de tortura vão voltar e todo o mundo treme. Querem ver que vai haver um presidente a cumprir as promessas eleitorais? O pior é não haver motivos para festejar... 😕

7 comentários:

  1. Olá, Ana!

    O pessoal de esquerda vivia no nosso país, a protestar, mas agora está tudo na paz dos anjos, pke foram aumentados este mês 30 cêntimos, para o mês que vem, 40 e por aí fora... portanto, estão a "banhar em dinheiro (rs). Eu não gosto do atual governo, k não foi eleito, mas não protesto, antes espero.

    Qto às mulheres, aqui, acoli e mais na América, sentem-se bem nas ruas, levam farnel e é uma festa.
    A mulher tem todo o poder nas mãos, mas ainda não soube aproveitá-lo, com inteligência. O homem tem apenas mais força física.

    Qto a Trumpo, estou contentíssima com as medidas dele. Até que enfim que um político cumpre aquilo k prometeu em campanha eleitoral, como tu bem dizes. Precisamos de mtos Trumps por esse mundo fora. Qto a mulheres, se ele as desejou, usou, abusou, sei lá que mais, foi pke elas consentiram. O que me interessa a mim um tipo rico e poderoso, se eu não tiver o mínimo interesse por ele.

    A "casa" mundial tem de ser arrumada, e é isso que Trump está a fazer. Ele foi democraticamente eleito, o povo sabia quais as medidas k ele iria tomar, portanto, não venha agora a gôche dizer k eles não souberam em k pessoa votaram (que absurdo)! k estão arrependidos, k não foram devidamente esclarecidos etc. etc. etc. Se fosse a gôche a ganhar estavam todos esclarecidos.

    Estás assim tão pessimista em relação ao Presidente Americano? Não estejas! É preciso mandar os Árabes para terra deles e se quiserem fazer-se explodir k o façam nos seus países. Tudo bem! Matem-se à vontade, pke eles são mtos.

    Fiquei contente por a tua mãe estar já melhor.

    Beijinhos e boa semana

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Olá Céu!

      Em Portugal as coisas não estão bem mas se calhar já estiveram piores. Ainda vai ser preciso algum tempo para ver se este governo vale mesmo a pena. Na pior das hipóteses, vamos ter eleições antecipadas.

      Quanto ao Trump acho que vai ser uma desgraça. Já imaginaste se ele expulsar tudo o que for ilegal? Só de portugueses são milhares! E a verdade é que o trabalho pesado sempre foi feito pelos estrangeiros, porque os americanos são apologistas da lei do menor esforço (aliás, o pai do Trump foi um desses emigrantes).

      Achas mesmo que vai ser um muro a travar a entrada de mexicanos? Toda a gente sabe que eles entram por outro lado e haja vontadinha para fugir. Acho um disparate enorme ele mandar fazer um muro e o governo mexicano ter de pagar. Já viste o que era mandares construir um muro para um teu vizinho não espreitar a tua casa e mandares a conta da obra para casa dele? ahaha

      Também não me parece que impedir a entrada de pessoas de sete países (e muitos mais se seguirão), vá resolver o problema. E aqueles americanos recrutados para pertencerem ao terrorismo?
      Até em Portugal temos nascidos e criados cá a aderirem à moda do terrorismo, por isso não me parece que essa medida seja lá muito eficaz. É como diz o ditado: vê-se caras e não se vê corações! O teu vizinho pode muito bem ser um terrorista e ninguém sequer desconfiar.

      Ah! quanto às mulheres que o Trump já "conquistou" concordo contigo plenamente. Não venham agora fingirem-se de virgens ofendidas porque se foram para a cama com ele, certamente não foram obrigadas. Claro que havia contrapartidas e de certeza todas ambicionavam ser a senhora Trump mas não tiveram sorte. É que muitas não se importavam de estar no lugar da Melania, cheias de luxo e glamour, mesmo que o casamento não tenha amor. Eu não faria isso mas há quem faça (cada vez mais!).

      A minha mãe tem dias melhores, outros piores. Hoje é um dia mau mas amanhã esperamos que melhore. Ai vida!

      Beijinhos e boa semana

      Eliminar
    2. Olá, Ana!

      Não sei! Creio que a parte psicológica está a contar mto, apenas isso e a mudança de governo, tão pedida, foi conseguida e isso está a bastar a algum deste povo. Eu estou exatamente na mesma, tu, julgo que tb, mas nós não fazemos um país (rs).

      Penso que não. É boca pra fora e o poder judicial tem sempre a última palavra. Quem não presta e não está no país de origem, deve ser expulso. Se há portugueses nessas condições, k venham pra cá.

      Vai, em parte e boa parte. Vamos imaginar então este cenário: eu sou tua vizinha e tu tens um quintal grande, farto, com coisas boas, que eu não tenho e de k preciso. Então, "piro-me" pró teu quintal, de vez em qdo, e vou lá buscar aquilo de k preciso e não preciso e até levo malta amiga, que não é assim tão "legal". Já me avisaste "n" vezes, mas...
      Então, tu, já sem paciência, mandas construir uma parede bem alta no teu quintal, mas dizes-me: quem vai pagar a parede és tu, pke eu só a vou erguer por tua causa e pelas atitudes dos teus amigalhaços. Qdo não tinhas parede, eu já te "pagava" um euro por 1 dúzia de ovos, p ex. , pke não havia ovos no meu "quintal", mas agora, e com a parede, que foste obrigada a mandar levantar por minha causa, passarei a pagar-te 1 euro e 20 cêntimos e assim estou a pagar o muro que tu foste obrigada a construir por minha causa.

      Qto ao terrorismo, é mto difícil pôr-lhe cobro, mas tem de se começar por algum lado e se tiver de ser pela lei da força (eu a favor da pena de morte, k já existe em alg. estados americanos), será!

      A onda de assaltos a caixas multibancos, carrinhas de valores, ourivesarias e afins, está ao rubro e olha que é obra de estrangeiros, embora possa haver no bando 1 português, então, pra grandes males, grandes remédios.

      Eu penso como tu: "dar-me", só por e com amor, embora o tempo do amor e uma cabana, já era!

      Espero k a tua mãe vá melhorando. Temos a Primavera já para o mês k vem. Beijinhos para ela.

      Beijinhos pra ti, tb, e mta paz e lucidez.

      Eliminar
    3. Olá Céu!

      Por aqui nada mudou com a entrada do novo governo como também não tinha mudado com o anterior. Não sou empresária, não tenho milhões para gerir e por isso ser um governo ps ou psd tanto faz. Pensando bem, em termos locais que é o que nos importa, a diferença da câmara psd para ps veio estragar tudo. Isto porque o presidente local do ps é mandando pelo velho chefe aqui da zona que é contra todo e qualquer progresso. Durante a chefia psd tivemos sim, muito desenvolvimento. Em termos regionais, o Miguel Albuquerque veio estragar tudo. As promessas de campanha nunca vão ser cumpridas e uma coisa tão básica como a ligação via marítima entre Madeira e Portugal Continental (uma das promessas dele) vai ficar mesmo pelo caminho. Ou seja, se para o nosso concelho fazia falta o psd, a nivel regional o psd não nos serve de nada. Volta AJJ, estás perdoado! ahahah

      A ideia de construir um muro ainda me parece disparatada porque lá por ele querer que o outro pague não quer dizer que consiga tamanha proeza. É porque ainda são uns belos milhões e o México não anda a esbanjar dinheiro. Vamos lá ver como isso corre.

      Um agente da CIA disse na tv que 85% dos terroristas nos EUA são... americanos nascidos e criados. Então, mais do que controlar o terrorismo que vem de fora, é preciso impedir que os jovens facilmente influenciáveis, sejam aliciados por essa gente. Hoje em dia os jovens são cada vez mais fracos, manipuláveis e os que não obedecem aos ditos "padrões normais" são postos de lado. É com essa discriminação que eles trancam-se em casa, ficam horas a fio na internet e são uma presa fácil para um terrorista que lhes põe ideias tristas na cabeça. Como é que se controla isso?

      Olha eu não sou contra a pena de morte em alguns casos. Afinal de contas, ninguém sai melhor da cadeia e a grande maioria dos presos são reincidentes. Anda o povo a pagar para um assassino estar a ter cama, comida e roupa de graça para quê? Há gente que não tem solução e esses criminosos não fazem falta.

      O amor não precisa ser cego. Precisa ser realista. Isso de dizerem que fingimos não ver os defeitos de quem amamos é uma grande trapalhice. Claro que o amor e uma cabana não deixa de ser uma ideia romântica mas na prática as coisas são bem diferentes. Na vida real, se a "cabana" não for paga a tempo e horas, vai cada um para o seu lado em pouco tempo. E era uma vez o amor. Ah e a rotina que acaba por esfriar qualquer relação? Haja fogo na lareira para não deixar que a chama apague-se! lol

      Venha logo a primavera porque desde ontem o tempo arrefeceu. Depois de uns diazinhos de sol, a temperatura desceu drasticamente e todo o cuidado é pouco para não constipar. A minha mãe está um bocadinho constipada mas esperemos que passe logo. ao menos das dores não tem reclamado o que já é bom.

      Beijinhos e tudo de bom para ti.

      Eliminar
    4. Olá, Ana!

      Isso já eu pressentia. Alberto J. jardim só houve e há um e mais nenhum, mesmo com aqueles defeitos e bizarrias, que todos lhe conhecemos.

      A sociedade americana é tramada, concordo contigo, mas o que se puder evitar, vindo do exterior, é excelente e o muro dá jeito (rs).
      Pois, isso não se controla, não se pode controlar, por isso, tanta desgraça por esse mundo fora. Olha, na Coreia do Norte, decerto k não há nada destas coisas.

      Sabes k há pessoas k cometem roubos, p ex. para irem pra prisa, até pke estão desempregados e lá "tá-se" bem e à borliu.

      Que venha depressa, pra tua mãe e para todos os doentes e para todos nós, afinal, pke precisamos de regenerar, de desabrochar (rs).

      Beijinhos, linda!

      Eliminar
  2. Nenhuma novidade para mim e nada surpreendente.
    Do muito que evoluímos como sociedade nas últimas decadas e por mais liberdades que tenhamos, por mais que se combatem muitas desigualdades, como os direitos dos homossexuais, o direito ao aborto, até mesmo à eutanásia - um dos direitos mais antigos - o da igualdade de oportunidades entre o género - ainda é e vai continuar a ser o mais difícil de eliminar. Mesmo vivendo numa sociedade que deixa a mulher usar biquini, fazer topless (mas como a objectifica e a rotula à mesma), andar com vários parceiros (é uma p...), trabalhar fora de casa (desenvergonhada, má dona de casa), a discriminação está sempre presente de muitas formas. E não é preciso nenhum trump para existirem. A objectivação da mulher, a imposição de rotinas de beleza - são formas de descriminação. Diferentes, aparentemente liberais, formas modernas de dizer as mulheres: «Ser mulher BOA é isto, o resto não é desejável».

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. O preconceito e a discriminação continuam sempre bem presentes. Vemos isso até nas diferenças salariais. Quanto à beleza, o padrões chamados "ideais" são mais uma forma de discriminação e na juventude de hoje em dia, cada vez mais preocupada com o exterior, isso é uma praga. Não é à toa que doenças como anorexia ou bulimia tornaram-se comuns. Um homem pode ter cabelos brancos, rugas, pele queimada pelo sol mas ai da mulher que tenha essas coisas porque é logo posta de lado. Tá mal!

      Eliminar