quinta-feira, 5 de janeiro de 2017

Review de perfume: Harpina da Yodeyma

A que cheira uma mulher alta, magra, linda e loira? Essa foi a pergunta que eu fiz aos meus botões quando vi o anuncio do perfume J'Adore da Dior com a Charlize Theron. Como não tenho 100€ para dar por um frasco de perfume, procurei uma alternativa. Foi assim que encontrei a Yodeyma, uma marca de perfumes genéricos semelhantes às marcas caras mas a um preço bem mais convidativo. 

Harpina é o genérico proposto pela Yodeyma para imitar o J'Adore da Dior. Dizem as boas línguas que é parecido. Não posso confirmar ou desmentir porque nunca senti o perfume original. 

Harpina cheira a flores. Demasiado. No começo achamos que é bom. É forte,  feminino e "adulto". Não é um perfume para adolescentes. Infelizmente as suas qualidades são também os seus defeitos. O aroma inicialmente agradável, torna-se irritante após pouco tempo (em 5 minutos já entramos em desespero). É como se levássemos com um ramo de flores pelo nariz dentro durante 24 horas. 24 sim! Basta uma borrifadela e o perfume dura e dura. Entranha-se nas roupas, nos lençóis, nos cobertores e desconfio até que na alma da pessoa. Das três vezes que usei arrependi-me porque definitivamente não faz o meu género.

Pontos positivos: Longa duração.
Pontos negativos: Demasiado floral e por isso a longa duração é também um ponto negativo.
Pontuação: 2/5