segunda-feira, 9 de janeiro de 2017

A minha nova mania


Ultimamente dei por mim a pensar: toda a gente tem um perfume com o qual identifica-se... menos eu! Ora bolas, isto para uma mulher é vergonhoso. Vai daí, encetei (esta palavra sempre soou-me estranha mas agora apeteceu-me), uma busca pelo MEU perfume. Três tentativas, três desastres completos (e o ano ainda mal começou).

A minha relação com perfumes sempre foi má. Raro havia um que não me provocasse dores de cabeça. Felizmente isso já não acontece mas em compensação, ainda não achei o tal.

Quando cheiro um perfume, a minha mente viaja automaticamente. Penso que tipo de pessoa o usaria, onde como e quando. Que profissão terá? o que pretende? E finalmente, será que eu o usaria? 

Quero um perfume sexy sem ser vulgar, feminino mas não floral, forte mas suave e... ah! misterioso. Sugestões?