quinta-feira, 16 de março de 2017

Cá Nada!

Cá na nossa terra, temos muitos regionalismos. Somos um povo muito dado à brincadeira e por isso mesmo, temos uma certa tendência para dar duplo sentido às coisas. 
Usamos a expressão "cá nada" para a positiva e para a negativa.

Por exemplo:

Positiva:
- Gostavas que te saísse o euromilhões?
- Cá nada! (traduzindo: claro que sim, isso é lá coisa que se pergunte?!).

Negativa:
-  Já te saiu o eurmilhões?
- Cá nada! (traduzindo: saiu mas foi o dinheiro pelo bolso fora).